O terceiro filme da franquia Meu Malvado Favorito já rendeu mais de 1 bilhão de dólares em bilheteria, mas você já parou para se perguntar quanto custou fazer essa animação de sucesso?

De acordo com o site Box Office Mojo, o filme custou cerca de 80 milhões de dólares em sua produção. Apenas no primeiro final de semana após a estreia nos Estados Unidos, o filme arrecadou mais de 75 milhões de dólares.

Mas como os estúdios de animação conseguem fazer tanto dinheiro com um investimento aparentemente tão elevado? As respostas não são simples, mas alguns fatores-chave devem ser levados em consideração.

Em primeiro lugar, o potencial de alcance do público deve ser considerado. Meu Malvado Favorito 3 foi lançado em mais de 4.500 cinemas só nos Estados Unidos, sem contar os lançamentos mundiais em outros países. Esse número massivo de locais de exibição significa que o filme poderia ser visto por um grande número de pessoas, aumentando as chances de que pessoas pagassem para assistir.

Em segundo lugar, o reconhecimento da marca é crucial. Meu Malvado Favorito é uma franquia extremamente popular, especialmente entre as crianças. Uma base de fãs já leais torna mais fácil para os estúdios prever como um filme será recebido e, portanto, alocar recursos para tornar o filme o melhor possível.

Por fim, o sucesso de Meu Malvado Favorito 3 também pode ser atribuído ao talentoso grupo de atores e a equipe de produção envolvidos na realização da animação. As vozes de Steve Carell, Kristen Wiig, Trey Parker e Miranda Cosgrove trouxeram vida aos personagens amados pelos fãs do filme.

No final das contas, o sucesso de bilheteria de Meu Malvado Favorito 3 pode não ser surpreendente, considerando todos esses fatores. Ainda assim, é impressionante como os estúdios de animação conseguem transformar um orçamento aparentemente grande em lucros ainda maiores.

Portanto, se você é fã dos Minions e das aventuras de Gru, com certeza vale a pena conferir o Meu Malvado Favorito 3 e descobrir por si mesmo por que essa animação se tornou um dos maiores sucessos de bilheteria da última década.